segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Prémio Nobel da Literatura 2021

 


            Nascido na cidade tanzaniana de Zanzibar em 1948, Abdulrazak Gurnah foi para o Reino Unido como refugiado no final dos anos 1960. Na Inglaterra, tornou-se professor de Inglês e Literaturas Pós-Coloniais na Universidade de Kent, onde se aposentou há pouco tempo.

Gurnah começou a escrever aos 21 anos. Desde então, já publicou mais de dez obras, sendo os seus livros mais conhecidos: 'Paradise' (1994), Desertion (2005) e By the Sea (2001). Em Portugal, tem apenas um livro editado, "Junto ao Mar", pela Difel, em 2003.

         Quando Saleh e Latif se encontram, numa pequena cidade inglesa à beira-mar, começa a revelar-se uma história de sedução e engano, do deslocamento aleatório de pessoas, uma história de amor e de traição e, sobretudo, de posse. À medida que a história se desenrola, assistimos a um país que irrompe na convulsão da independência pós-colonial, agitando-se na tentativa de encontrar estabilidade, enquanto as suas populações são apanhadas no furacão dos seus tempos. Junto ao Mar (By the Sea) é um olhar perplexo e melancólico sobre um mundo onde o imperialismo abriu horizontes apenas para fechar fronteiras.

Publicado em 1994, Paradise conta a história de um menino que cresceu na Tanzânia no início do século XX. O livro ganhou o Booker Prize, marcando a revelação de Gurnah como escritor.

Abdulrazak Gurnah foi reconhecido pelas suas obras que abordam os efeitos do colonialismo e a vida de refugiados.

https://www.correiobraziliense.com.br/diversao-e-arte/2021/10/4954024-premio-nobel-de-literatura-2021-quem-e-o-autor-abdulrazak-gurnah.html

Sem comentários:

Enviar um comentário

Super Leitor 2020-2021

A BEMS congratula todos os leitores do AESB felicitando os "Super Leitores" do ano letivo 2020-2021: 1.º CEB - EB OAz N.º 1 -  Ana...