sexta-feira, 18 de março de 2016

"A Selva" de Mensagens

Integrada nas atividades da semana da Leitura, a BE propôs o desafio aos alunos, para que fossem escrevendo algumas mensagens a Ferreira de Castro e as colocassem na árvore à entrada da Biblioteca.

Esta atividade terá seguimento durante o  3º período.

Aos poucos "A Selva" de mensagens vai-se compondo.
Ficam aqui alguns exemplos.






quarta-feira, 16 de março de 2016

terça-feira, 15 de março de 2016

Primeira Memória - semana da leitura

Apontamento Cinematográfico da Infância de Ferreira de Castro - "Primeira Memória" - um trabalho realizado pelos alunos do curso Profissional Técnico de Multimédia, em exibição nas salas de aula.
Semana da leitura, 2016

QR Codes

Numa das atividades, no âmbito da Semana da Leitura - Elos de Leitura com Ferreira de Casto, recorremos aos QR Code para divulgar, em toda a escola sede, Ferreira de Castro e a sua vida e obra.

Caso tenhas a aplicação no telemóvel, podes aceder a uma curiosidade deste escritor Osselense que, este ano, é amplamente divulgado no agrupamento e em todo o concelho, junto às salas de aula, nos blocos A, B, C, D, E, bem como Pavilhão Desportivo e Ginásio Interior.
Deixamos apenas aqui uma foto de exemplo.
Diverte-te!

segunda-feira, 14 de março de 2016

Minuto de leitura - Secundário

"Os homens transitam do Norte para o Sul, de Leste para Oeste, de país para país, em busca de pão e de um futuro melhor.

Nascem por uma fatalidade biológica e quando, aberta a consciência, olham para a vida, verificam que só a alguns parece ser permitido o direito de viver. Uns resignam-se logo à situação de elementos supérfluos, de indivíduos que excederam o número, de seres que o são apenas no sofrimento, no vegetar fisiológico de uma existência condicionada por milhentas restrições. Curvam-se aos conceitos estabelecidos de há muito, aceitam por bom o que já estava enraizado quando eles chegaram e deixaram-se ir assim humildes,  apagados, submissos, do berço ao túmulo - a ver, pacientemente, a vida que levam outros homens mais felizes".


in: Emigrantes, de Ferreira de Castro, Pórtico
Iniciou-se oficialmente, hoje, a Semana da Leitura 2016, com o minuto de Leitura, em todas as salas do Agrupamento.
Com uma programação vasta e variada, começamos por sugerir uma visita às exposições de trabalhos realizados pelos alunos em Oficina de Arte, patente na BEMS.

Leitura com pais, descobrir Ferreira de Castro com QR Codes e visualização dos filmes "A selva" com Diogo Morgado e Maitê Proença e do filme "A Primeira Memória" elaborado pelos alunos do curso Profissional de Multimédia, são apenas alguns exemplos do acontecerá durante esta semana.

domingo, 13 de março de 2016

Concurso Nacional da Leitura - Fase distrital

A fase distrital do CNL 2016 decorrerá em Oliveira de Azeméis, no dia 27 de abril.

As obras a concurso são as seguintes:

3º ciclo:

- Contos, de Vergílio Ferreira (conto A Estrela);
  •  Aqui podes ficar a conhecer a obra


- A Instrumentalina e Outros Contos, de Lídia Jorge (conto A Instrumentalina). 
  • Aqui podes ficar a conhecer a obra


Ensino Secundário:

- Aparição, de Vergílio Ferreira;
  • Aqui podes ficar a conhecer a obra

- Emigrantes, de Ferreira de Castro. 
  • Aqui podes ficar a conhecer a obra




Boas leituras aos participantes!


sexta-feira, 11 de março de 2016

Workshop de Oralidade

O primeiro workshop de oralidade "Agarrados ao papel" decorreu no Auditório Madalena Sotto, na BE. Foi um momento dedicado inteiramente à postura que os alunos devem assumir, quando fazem as suas apresentações orais.
Foi apresentado o guião de pesquisa PLUS para orientação de trabalhos orais bem como as 7 dicas para uma boa apresentação oral.
"Agarrados ao papel" tinha como principal objetivo mostrar aos alunos que estes não se devem agarrar ao que levam escrito.
Este projeto de parceria com a docente de português do 9ºF terá continuidade no próximo período.

quarta-feira, 9 de março de 2016

Chove. Há Silêncio

Chove. Há silêncio, porque a mesma chuva
Não faz ruído senão com sossego.
Chove. O céu dorme. Quando a alma é viúva
Do que não sabe, o sentimento é cego.
Chove. Meu ser (quem sou) renego...

Tão calma é a chuva que se solta no ar
(Nem parece de nuvens) que parece
Que não é chuva, mas um sussurrar
Que de si mesmo, ao sussurrar, se esquece.
Chove. Nada apetece...

Não paira vento, não há céu que eu sinta.
Chove longínqua e indistintamente,
Como uma coisa certa que nos minta,
Como um grande desejo que nos mente.
Chove. Nada em mim sente...

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro" 

terça-feira, 1 de março de 2016

Ajudaris em oliveira de Azeméis

A segunda fase do projeto "Ajudaris em Oliveira de Azemeís" está concluída.
Foram enviados 102 trabalhos elaborados pelos alunos do 1º ao 12º ano de escolaridade, o que muito nos apraz, tal foi o empenho e dedicação colocados neste projeto tanto por Professores como por alunos.

Os dados estão lançados... esperemos pelo resultado final, que, estamos convictas, em muito nos orgulhará e deixará o nome dos alunos do nosso Agrupamento perpetuado nas páginas das histórias solidárias.

Porque agradecer o carinho que nos têm demonstrado, em todos os projetos da BE, é sempre um bom motivo para o dizer: O nosso bem haja a todos !