sábado, 30 de setembro de 2017

Exposição alusiva ao Reino Unido e EUA

Esteve patente, durante o mês de setembro, uma exposição que incluiu algumas informações e fotos referentes às culturas do Reino Unido e EUA.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Receção aos alunos do 1º Ano do AESB

          Para assinalar a receção aos alunos do 1º ano, a equipa das Bibliotecas Escolares realizou, de 20 a 28 de Setembro, atividades com o objetivo de promover hábitos de leitura e dar a conhecer o espaço “Biblioteca”.

No decorrer das sessões, a Professora Bibliotecária Paula Azevedo e Professora Olívia Miller apresentaram o filme “A Menina que detestava Livros” e o livro de Pedro Reisinho, “O Meu Livro” com a respetiva leitura e apresentação digital.
 A cada aluno foi oferecido um marcador de livros, com algumas informações úteis para pais/encarregados de educação, visando a importância de hábitos de leitura na família.
No final das atividades, cada aluno fez a sua avaliação, sendo as suas apreciações muito positivas.
Nas escolas onde não existe Biblioteca, além do marcador de livros, foram distribuídas maletas com livros para os alunos poderem requisitar bem como passaportes de
 leitura, onde farão os registos das suas leituras durante o ano letivo.


quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Formação Utilizadores- 1º ano (EB1 CEB)

Em todas as escolas do 1º Ciclo, de 20 a 28 de setembro, decorreu a atividade da BE, consistindo na receção aos alunos do 1º ano que vêm pela primeira vez à Escola. As professoras bibliotecárias, com o objetivo de promover hábitos de leitura e dar a conhecer o espaço “Biblioteca”, apresentaram o filme “A Menina que detestava Livros” e o livro de Pedro Reisinho, “O Meu Livro” com a respetiva leitura e apresentação digital.

 A cada aluno foi oferecido um marcador de livros, com algumas informações úteis para pais/encarregados de educação, visando a importância de hábitos de leitura: Ler, pelo menos, uma história por dia aos filhos desde tenra idade.
 Antes de começar a leitura, observar com eles a capa do livro e procurar que adivinhem o que poderá acontecer; Ler de forma que possam acompanhar o sítio onde se lê e possam observar as imagens; No final, conversar sobre a história, acerca do que aconteceu antes e depois e explicar alguma palavra que desconheçam; Ensinar a cuidar bem dos livros. Poder, por exemplo, oferecer-lhes uma estante para os arrumarem; Levá-los a bibliotecas e a livrarias, habituando-os a mexer nos livros e a escolher o que querem ler.                                                                                 
No final desta atividade, cada aluno fez a sua avaliação, assinalando numa sequência de “emojis” o da sua preferência (Gostei muito, Gostei, Não Gostei e outros).

Nas escolas onde não existe Biblioteca, além do marcador de livros, foram distribuídas maletas com livros para os alunos poderem requisitar e passaportes da leitura, onde farão os registos ao longo do ano letivo e assim, mais facilmente, se conseguir eleger o Super Leitor.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Formação de Utilizadores

A BE e sua equipa deram início às atividades no âmbito do seu Plano Anual de Atividades com a visita guiada dos alunos do 5º ano à Biblioteca Escolar Madalena Sotto (BEMS) na qual foi apresentada a equipa, dado a conhecer os vários espaços e os recursos ali existentes.

Sem descurar a necessidade de dar a conhecer as regras básicas ao bom funcionamento deste espaço, que abrange uma população muito diversificada de alunos de vários ciclos, professores e auxiliares de educação, a BE apresentou as suas mais-valias como o local ideal para apoiar o currículo, desenvolver atividades de parcerias e projetos, distinguindo-se, por isso, como um espaço de referência na escola.

A organização do fundo documental, a explicitação pormenorizada do significado e importância da Classificação Decimal Universal (CDU), a implementação do código ColorADD no fundo documental em livro, a utilização do uso do computador e os fins a que se destinam, bem como a promoção do livro enquanto leitura recreativa, estiveram na base desta atividade, a qual promoveu as literacias de leitura e dos média, no contexto da formação de utilizadores.

Por fim, a leitura recreativa e a sua pertinência para o desenvolvimento intelectual dos alunos, não foi esquecida, tendo a equipa escolhido a leitura do texto ” Leónia devora os livrosde Laurence Herbert que muito agradou a todos os presentes, pela metáfora que este livro encerra.


Aos Docentes que colaboraram connosco trazendo as suas turmas à BEMS, o nosso bem-haja.

sábado, 9 de setembro de 2017

9 de setembro - Tributo a Soares Basto


Recordar Soares Basto


 (06/03/1857 – 09/09/17)
 .

    
          Francisco Alves Soares Basto nasceu no lugar de Carril, freguesia de S. Romão do Corgo, concelho de Celorico de Basto, a 6 de março de 1857.
Ainda jovem emigrou para o Brasil, onde exerceu a atividade comercial, tendo conseguido reunir uma grande fortuna. Regressado a Portugal, nos primórdios do século XX, foi viver para o lugar de Fermil, freguesia de Veade, no concelho de Celorico de Basto, onde veio a falecer a 9 de setembro de 1917.
          Impressionado com o dinamismo cultural, social e educativo e com a obra de Bento Carqueja diretor e proprietário do jornal “O Comércio do Porto”, Soares Basto deixa-lhe em testamento parte da sua fortuna para que fosse gasta “Sempre pela Instrução.
          Nasce assim, em 1924 em Palmaz, um edifício destinado à instalação de uma Escola de Artes e Ofícios transferida para a sede do concelho em Oliveira de Azeméis à posteriori. Hoje a Escola Básica e Secundária Soares Basto legitima herdeira dessa Escola de Artes e Ofícios assume-se, "orgulhosamente" como um dos maiores agrupamentos do país, com amplas e modernas instalações e  com mais de 2300 inscritos em ofertas educativas diversificadas, palatinos de  elevados níveis de exigência e de excelência.


          



sexta-feira, 8 de setembro de 2017

8 de Setembro

O dia 8 de Setembro é o dia Internacional da Literacia. Não podíamos comecar o ano letivo sem reforçar a importância de saber ler, pesquisar, usar a informação disponível e utilizá-la em contexto.

Cada vez mais as escolas e a BE em particular são potenciadoras da promoção das literacias nos alunos, a tal ponto que o Ministro da Educação, hoje, o referiu na escola do Cacém ao fazer a abertura do ano letivo.

Sejamos competentes do ponto de vista literácico ao ponto de percebermos o que queremos para este séc. XXI.

Bom ano letivo para todos.