sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Restauração da Independência

Está patente na BEMS a exposição relativa à comemoração da Restauração da Independência, uma efeméride que restituiu a nacionalidade aos Portugueses, pondo um ponto final ao domínio dos Reis Espanhóis, conhecido como domínio Filipino Castelhano.
Em 1 de dezembro de 1640, um grupo de 40 conjurados chefia um golpe de estado revolucionário, que se estende a todo o território nacional.
Este ato culmina com a Restauração da Independência, dando-se início à 4ª dinastia (Casa de Bragança ou dinastia Brigantina) com a aclamação de D. João IV, como Rei de Portugal.

Na exposição, dinamizada pelo grupo de História do 2º CEB, pode-se prestar especial atenção aos trabalhos dos alunos da Professora Celina Ribeiro, para além do fundo documental existente na BEMS relativo a esta temática e de explicações mais pormenorizadas sobre todo o processo como este golpe de estado se desenvolveu.



Sem comentários:

Enviar um comentário